A Associação


Serviços


Simmental Fleckvieh


Cooperativa Nortilha



Notícias




COMUNICADO SOBRE A SITUAÇÃO DA LACTOPICO.



Comunicado sobre a situação da LactoPico.

Passa hoje sensivelmente um mês desde o dia em que os produtores de leite sócios da LActoPico deveriam ter recebido o pagamento do leite, ou seja, encontram-se á volta de 60 dias sem receber dinheiro de leite, fazendo neste momento mais de cinco meses de leite a haver perante a LactoPico.


Nos três anos e meio que somos direcção da AAIP, é o maior período de tempo que os produtores de leite vêem o seu pagamento atrasado, apesar de em Novembro de 2009 se ter registado um atraso de 15 dias.


A AAIP tem sido acusada de neste momento crítico estar calada, o que não é verdade, situação comprovada por várias notícias saídas em órgãos de comunicação social locais e regionais, aliás já durante a realização da Feira Agropecuária do Pico em Julho deste ano mostramos a nossa preocupação pela instabilidade financeira que se vivia na LactoPico.

Mas sabemos que em época de eleições surgem os mais variados tipo de comentários com diferentes tipos de intenções, mas queremos sobretudo acreditar que surgem apenas devido ao desespero que os agricultores sentem neste momento, e que não é certamente muito pouco.


Mas continuamos a dizer e a defender que este é um assunto delicado de extrema importância para a nossa ilha e as nossas gentes, e que deve ser tratado com responsabilidade e perante as pessoas de direito, condenando nós aqueles que tem feito questão de o discutir na praça publica, pois mais uma vez referimos ser um assunto sério e que envolve muita gente e sobretudo porque se trata da sobrevivência de varias famílias do Pico e mexe com toda a economia de uma ilha e de uma região pelo peso que esta industria tem no seio da economia da Ilha do Pico.


Enquanto direcção recusamos sempre discutir este assunto na praça pública e procuramos sempre contribuir de uma forma consciente e concisa, pois trata-se sobretudo de um assunto da lavoura que envolve uma Cooperativa da Lavoura.


A AAIP tem acompanhado desde sempre a situação da LactoPico, estando presente e convocando várias reuniões para discutir o assunto e contribuir para a sua resolução. Durante este tempo mantivemos reuniões com a direcção da LactoPico, Lactaçores, Governo Regional, Caixa Credito Agrícola, e várias personalidades de diferentes quadrantes políticos.


Neste momento todos sabem dos valores que a LactoPico recebeu nos últimos anos, dos valores que a LactoPico deve à banca e aos seus fornecedores de leite e consumíveis, valores que a serem revelados deve partir claramente na nossa opinião, da opção da direcção da LactoPico.
Esta é uma situação conhecida e há claramente responsabilidades que não foram assumidas nem atribuídas, mas se isso resolvesse o problema a solução estava encontrada.

È neste momento difícil de aceitar que, apesar da conjuntura económica, que depois de nos últimos anos a LactoPico ter cortado em diversas despesas (Nº de empregados, ordenados elevados, preço do leite) com o objectivo de atingir a sustentabilidade económica, o governo tenha reduzido os apoios à LactoPico.

A situação é gravíssima, há produtores em risco de insolvência, sem dinheiro para as despesas do dia-a-dia, há jovens que investiram muito neste sector e não sabem o que fazer nem pensar, (paira na nossa memoria os 13 meses consecutivos sem receber dinheiro de leite), dizemos que caminhamos a passos largos para o fim do sector leiteiro no Pico senão houver uma intervenção rápida.


Pedimos a esta direcção que tome um rumo e que o siga em conjunto e não desalinhados, e que sobretudo tenha a capacidade de unir os agricultores há volta desta cooperativa que é nossa, pois nós continuamos a acreditar no sector do Leite no Pico.


Ao Governo actual e futuro pedimos resoluções e ajudas rápidas e eficazes, pelo menos o que ouvimos dos diferentes quadrantes políticos são que todos tem vontade de ajudar e contribuir, pois todos reconhecem a importância da LactoPico, esperemos que não sejam só palavras de ocasião.


Mas precisamos de medidas rápidas e essas medidas passam obrigatoriamente por no imediato começarmos a pagar o leite a médio prazo reestruturar a fábrica.


Mas senão houver pagamento de leite já esta semana seremos obrigados a anunciar o fim do sector leiteiro no Pico e começar já á procura de soluções para colaborar com estes produtores num novo rumo para as suas explorações.

 

A Direcção da AAIP.



Voltar
 Copyright © 2009 | AAIP | Desenvolvido por: Ruralbit  Home | Links | Contactos | Sitemap